Convento da Penha – O cartão postal capixaba

2

Ah, o Convento da Penha! Cartão postal do Espírito Santo. Destino turístico que mais recebe turistas do estado.[citation needed] Vamos conhecê-lo no estilo Destinões de apresentar, com muitos detalhes!

O convento fica em Vila Velha, de frete à entrada do canal de Vitória e com vista para quase toda a capital. Por que ele é tão famoso e atrai tantas pessoas? Dá só uma olhada nas fotos ao longo do texto: veja a imponência dele no alto do morro e o visual que se tem lá de cima. Fora o apelo religioso que ele trás.

Acompanhe então a seguir diversas informações sobre a atração e as opções de como chegar no Convento da Penha.

Como chegar

A entrada do Convento está localizada na região de Vila Velha conhecida como Prainha, no bairro Centro.

O mapa abaixo mostra alguns dos pontos turísticos citados ao longo do texto, além de outros da região que farão parte de um próximo post.

São três opções para se chegar até o alto do morro: a pé, com um veículo particular ou com a van do próprio Convento.

Atualmente, a entrada principal da Ladeira das Sete Voltas, ou Ladeira da Penitência, está fechada. Assim, mesmo que se queira ir a pé, deve-se passar pelo portal da entrada principal de veículos, na R. Vasco Coutinho. Caminhando por essa estrada, logo se tem, à esquerda, a entrada para a Ladeira. São uns 500 m de caminhada até chegar no Largo do Convento, mais conhecido como Campinho. Também é permitido subir a pé pela entrada de veículos, em um percurso de 1200 m.

Para ir com seu veículo, basta seguir até a entrada principal e subir a estrada por dentro da Mata Atlântica. O pequeno detalhe é o trânsito! Em finais de semana, feriado ou período de férias, prepare-se para esperar um bom tempo no seu carro até conseguir chegar lá em cima, já que a quantidade de vagas no Campinho é pouca.

A terceira opção é pegar a van que o Convento oferece por um custo de R$ 3,50 para subir e descer, ou R$ 2,50 para somente um trecho. O ponto da van é logo depois da entrada principal.

Caso vá de bicicleta, é proibido subir com ela, mas há um bicicletário logo na entrada.

Conhecendo o Convento da Penha

No pé do morro, próximo à entrada do 38º Batalhão de Infantaria do Exército, está a estátua em homenagem ao Frei Pedro Palácios, que no século XVI foi responsável por iniciar ali o que viria a ser o Convento da Penha séculos a frente.

Logo ao lado, está a entrada para a Ladeira das Sete Voltas (como disse, atualmente fechada) e a Gruta de Frei Pedro Palácios, onde o frei chegou a se abrigar.

Para saber mais sobre a história do Convento, com datas e acontecimentos, veja essa linha do tempo direito no site oficial e também este texto, com detalhes sobre a gruta e os demais ambientes que compõem o Convento.

Lá em cima, chega-se primeiro no Campinho, ou Largo do Convento, a 100 m de altitude. É lá onde fica o estacionamento, o mirante para Vitória, para a Terceira Ponte e para o Morro do Moreno e onde está também a Capelinha de São Francisco – a construção mais antiga do convento, de 1562. Ao lado do estacionamento está um palco para celebração de missas com maior quantidade de pessoas, como as que acontecem durante a Festa da Penha. Ah, e tem um bebedouro também, principalmente para quem subiu a pé. 😉

Mas para chegar no Convento mesmo, deve-se subir uma escadaria nos fundos do Campinho. No caminho estão a Sala dos Milagres, onde as pessoas deixam fotos e pedidos, e uma lojinha de artefatos religiosos.

Mais acima, outro mirante, dessa vez voltado para Vila Velha, de onde se pode quase toda a cidade, como os bairros Praia da Costa e Centro, e até mesmo a Fábrica de Chocolates Garoto.

Mais uma escadaria acima encontra-se o Convento da Penha em si, onde as missas diárias são celebradas – você encontra no site do Convento os horários em que a missa ocorre.

No corredor ao lado do salão principal do Convento estão grandes quadros históricos, e, no fundo, a janela mais famosa do Espírito Santo, com uma bela vista de Vitória entre os famosos coqueiros.

E se você subiu a pé pela Ladeira das Sete Voltas, que tal terminar o passeio descendo pela estrada dos carros?

Como curiosidade, principalmente para quem é de fora do estado, uma das principais avenidas de Vitória é a Av. Nossa Senhora da Penha, mas ela é mais conhecida pelos capixabas como Reta da Penha. Isso porquê foi construída como uma única reta de onde se pode ver, ao longe, o Convento da Penha. Tudo bem que foi adicionado à reta um pequeno desvio durante a construção da sede da Petrobras em Vitória, mas pelo menos isso acrescentou baias para ônibus e uma opção de retorno,  além de não ter tirado a visão do Convento.

A região ao redor do Convento da Penha

Além do Convento, a região da Prainha, em Vila Velha, conta com outras três atrações turísticas que todo capixaba deveria ir conhecer, pois é cheio de riqueza cultural.

As atrações são a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a mais antiga do Brasil, o Museu Homero Massena, onde o artista plástico mineiro que dá nome ao museu morou por mais de 20 ano, e a Casa da Memória, atração imperdível com muitas informações históricas do Espírito Santo.

Clique nos links e vá conhecê-los. 😉

 

  • João Marcos

    Olá! Excelentes fotos!

    Qual ônibus vai do Convento até a Praia da Costa?

    Obrigado.

    • João Marcos, não sei se tem uma opção melhor, mas um jeito é pegar um ônibus na Prainha para o Terminal Vila Velha (linha 635) e no terminal perguntar qual ônibus vai para a Praia da Costa.

      Ou vai a pé mesmo que é mais rápido, se você tiver condições. É só 1,3 Km indo pela R. Castelo Branco ou pela R. Quinze de Novembro (mais movimentada).