Tour no Morro em Jesus de Nazareth – Sejam bem vindos!

9

Vamos apresentar hoje mais um bairro de Vitória: Jesus de Nazareth! Uma comunidade que fica em um morro, bem na beirada do canal de Vitória e que possui um roteiro de turismo próprio, o Tour no Morro.

E por que ir conhecer Jesus de Nazareth? Dá só uma olhada nessa vista:

Vista do Morro do Moreno e do Convento da Penha a partir da Praia da Castanheira, em Jesus de Nazareth
Vista do Morro do Moreno e do Convento da Penha a partir da Praia da Castanheira, em Jesus de Nazareth

Outras vistas das mais variadas de Vitória e Vila Velha também são encontradas durante o percurso. Mas esse passeio não é só isso, e iremos mostrar para você todas as demais atrações que se encontra no roteiro do Tour no Morro.

Este passeio por Jesus de Nazareth faz parte do nosso roteiro de dois dias para conhecer Vitória. Confira lá as demais belezas da capital!

O projeto Tour no Morro

Quem iniciou o projeto Tour no Morro foi o Fernando Martins, morador do bairro desde que nasceu. Em 2012, ele apresentou a comunidade de Jesus de Nazareth para alguns jovens de uma escola, ainda como um guia amador, e daí não parou mais. Foi durante essas guiadas que ele percebeu que havia uma demanda de pessoas querendo fazer turismo por lá e resolveu criar o projeto.

Além dessa demanda, o Fernando também vislumbrou o potencial econômico para sua própria comunidade que a criação do Tour no Morro poderia proporcionar. Ele então se formou como guia de turismo e passou a se comunicar com os outros moradores e com os pequenos empreendedores do local, como produtores de pães e artesanatos e proprietários de bares e restaurantes, em busca de interessados em divulgar seus trabalhos para os turistas que passarem por lá.

Fernando Martins (no centro) é o idealizador e guia do projeto Tour no Morro
Fernando Martins (no centro) é o idealizador e guia do projeto Tour no Morro

Assim, o passeio acabou agregando também o contato com esses comerciantes e seus produtos, reforçando o comércio local e levando o nome de Jesus de Nazareth para as pessoas que acabam só passando pelo asfalto, não conhecendo o potencial turístico do bairro, seja o ecoturismo, seja o turismo de negócio.

Alguns detalhes do roteiro estão em constante modificação, já que os moradores estão observando e se acostumando com a movimentação dos turistas, com o Fernando sempre em busca de novas oportunidades para que os empreendedores locais possam aproveitar melhor os potenciais clientes-turistas. No começo, ele enfrentou muitas desconfianças, ouvindo frases como “quem vai querer subir aqui para comer uma moqueca?”, mas essa fase já passou e cada vez mais os comerciantes estão se aproximando do projeto.

O Tour no Morro é então um esforço do Fernando em proporcionar mais uma forma de turismo para os moradores e visitantes de Vitória, bem como em disponibilizar oportunidades de crescimento para os empreendedores de Jesus de Nazareth.

Mas chega de introdução e vamos conhecer como é o passeio!

Conhecendo Jesus de Nazareth através do Tour no Morro

Fizemos o passeio a convite do próprio Fernando em agosto de 2017, com o tour começando na Rua Afonso Sarlo. Para que você possa se localizar melhor, acompanhe os principais pontos por onde passaremos no mapa abaixo.

A rua é acessada a partir da Av. Beira Mar (Av. Marechal Mascarenhas de Morais), logo após passar pelo Clube Álvares Cabral e pelo DNIT, e antes do Instituto Braille.

Rua de onde se inicia o passeio com o Tour no Morro, em Jesus de Nazareth
Rua de onde se inicia o passeio com o Tour no Morro, em Jesus de Nazareth

Logo no início, o Fernando deu uma pequena introdução sobre o Tour no Morro e informou que costuma servir ali mesmo um café da manhã para os turistas, apresentando também os produtos produzidos e vendidos pelos moradores. Contou que a ocupação do morro começou em 1954, pelo privilégio da proximidade do local com as novas construções urbanas nos arredores e de alimentação farta devido à possibilidade de pescaria. O bairro passou por um longo período de invasões e construções ilegais, com moradores construindo suas residências à noite e o poder público as derrubando durante o dia. Fernando ainda nos explicou que, no começo, o local se chamava Morro de Bento Ferreira, devido ao bairro vizinho, passando a ser conhecido depois como Morro do Contestado até então receber de um morador o atual nome de Jesus de Nazareth.

Com essa introdução, nos dirigimos para o final da rua. Antes, passamos pelo Residencial Mar Azul, um conjunto de casas bem organizadas, construídas pela prefeitura na década passada para abrigar pessoas do próprio que se encontravam em áreas de risco ambiental ou de desmoronamento, e que foram realocadas para essas novas residências. Falaremos sobre essas áreas de interesse ambiental mais para frente.

Residencial Mar Azul, em Jesus de Nazareth
Residencial Mar Azul, em Jesus de Nazareth

Em seguida, passamos ao lado da quadra do bairro, em que moradores mais velhos se divertiam jogando vôlei ao som de um sertanejo universitário! Isso sim é que é promoção de saúde mental, parabéns para eles. 🙂

Quadra do bairro Jesus de Nazareth
Quadra do bairro Jesus de Nazareth

Nesse lugar, aparecem as primeiras das diversas artes com as quais esbarramos ao longo do passeio, com os muros ao redor da quadra cheios de grafites e murais de pintura – o bairro é cheio dessas artes, inclusive nos degraus das escadarias.

Um dos grafites que se encontra ao fazer o passeio do Tour no Morro, em Jesus de Nazareth
Um dos grafites que se encontra ao fazer o passeio do Tour no Morro, em Jesus de Nazareth

Passamos ao lado da quadra, descemos à direita e chegamos no início do píer que beira o Canal de Vitória. Ali sim, a linda vista da região começa a aparecer! Logo de cara avistamos algumas tartarugas-marinhas vindo respirar e já sacamos nossas câmeras para tirarmos muitas fotos.

Píer beirando o Canal de Vitória, em Jesus de Nazareth
Píer beirando o Canal de Vitória, em Jesus de Nazareth

A vista que se tem de lá é composta, da esquerda para a direita, da Terceira Ponte, do Morro do Moreno, do Convento da Penha, do Morro Inhoá e do Morro do Jaburuna, todos em Vila Velha.

Do píer de Jesus de Nazareth, avistamos os morros Inhoá e Jaburuna, em Vila Velha
Do píer de Jesus de Nazareth, avistamos os morros Inhoá e Jaburuna, em Vila Velha

Seguimos caminhando pelo píer e passamos ao lado do famoso Bar do Bigode – que confesso que só sei que ele é famoso e que de lá se tem uma vista linda, mas não conheço o serviço. Também dá para chegar no Bar do Bigode de carro pegando a R. Helena Müller, na entrada do bairro.

O Bar do Bigode, em Jesus de Nazareth, com sua linda vista
O Bar do Bigode, em Jesus de Nazareth, com sua linda vista

Ao lado do Bar do Bigode está a Praia da Castanheira, uma praia bem gostosa onde os moradores, e principalmente a criançada, se divertem.

Praia da Castanheira, em Jesus de Nazareth
Praia da Castanheira, em Jesus de Nazareth

A castanheira estava com uma longa corda que permitia um balanço daqueles que faz qualquer um voltar a ser criança! Mas acabei me podando e não fui lá me jogar também – tentarei numa próxima. 😉

Balanço de corda na Praia da Castanheira, em Jesus de Nazareth
Balanço de corda na Praia da Castanheira, em Jesus de Nazareth

A vista da Praia da Castanheira também é linda, com os barcos dos pescadores compondo o ambiente. Inclusive, um bar recém construído estava pronto para ser inaugurado, quando fomos. Hora de fotos e mais fotos!

Vista da Praia da Castanheira para a Terceira Ponte, o Morro do Moreno e o Convento da Penha
Vista da Praia da Castanheira para a Terceira Ponte, o Morro do Moreno e o Convento da Penha

O passeio do Tour no Morro segue agora para dentro do bairro, subindo as ruas do morro de Jesus de Nazareth. Passamos pela área de comércio e demos uma parada na padaria para comprar água e algum lanchinho. Também passamos por mais artes nos muros e nas diversas escadarias, com seus degraus coloridos. Uma pena que as pinturas já estavam desgastadas pelo tempo, mas o Fernando disse que eles estão periodicamente as refazendo, tentando manter sempre esse ambiente mais alegre.

Passamos por vários moradores, com eles sempre nos recebendo com sorrisos e bons dias, o que nos fez nos sentirmos muito bem vindos no bairro! Aproveitamos para conversar um pouco com alguns deles e trocar umas experiências.

Indo cada vez mais para o alto, chegamos em um ponto conhecido como Casa Branca. Essa área foi considerada anos atrás como de interesse ambiental e os moradores que ali viviam foram realocados para o Residencial Mar Azul, citado no início do tour.

Vista panorâmica de Vila Velha e Vitória, do alto de Jesus de Nazareth
Vista panorâmica de Vila Velha e Vitória, do alto de Jesus de Nazareth

E ali que a vista de Vitória se revela! Apesar de já ter subido em diversos morros da cidade, essa foi mais uma perspectiva diferente das muitas que encontramos por aqui. Conseguimos por exemplo ter um panorama do Morro do Vigia, da Pedra do Urubu (ou da Baleia), do Parque da Fonte Grande e da Pedra dos Dois Olhos.

Morro do Vigia, Pedra do Urubu, Morro da Fonte Grande e Pedra dos Dois Olhos, vistos do alto de Jesus de Nazareth
Morro do Vigia, Pedra do Urubu, Morro da Fonte Grande e Pedra dos Dois Olhos, vistos do alto de Jesus de Nazareth

Avistamos também o Morro da Gamela (ou Monte Horebe), com o Mestre Álvaro ao fundo.

Mestre Álvaro ao fundo, com o Morro da Gamela mais à direita
Mestre Álvaro ao fundo, com o Morro da Gamela mais à direita

Não esquecendo ainda do Canal de Vitória e do Morro do Penedo, também presentes na paisagem.

Saímos de lá e fomos para o ponto mais alto do passeio, junto às duas torres de energia. Conseguimos ter também o mesmo visual da Casa Branca, mas o destaque aqui do alto vai para a visão bem próxima da Terceira Ponte, do Convento da Penha e do Morro do Moreno! Que cartão postal, gente!

Terceira Ponte, Morro do Moreno e Convento da Penha vistos do alto de Jesus de Nazareth durante o passeio do Tour no Morro
Terceira Ponte, Morro do Moreno e Convento da Penha vistos do alto de Jesus de Nazareth durante o passeio do Tour no Morro

Aqui as condições naturais da encosta dão possibilidade de realização de rapel, apesar de não haver (quando fomos) nenhuma empresa atuando rotineiramente na área.

Saindo do mirante das torres, fomos para uma área de mata mais fechada, onde a comunidade tem uma hortinha. Ali também foi considerada uma área de interesse ambiental, então casas foram derrubadas e os moradores reabrigados no Residencial Mar Azul. O climazinho ali é bem gostoso, pois as árvores e suas sombras mudam bastante o ambiente, contrastando com a área urbanizada do restante do morro. Inclusive, conseguimos avistar alguns saguis que apareceram por lá.

Hortinha e área com muito verde em Jesus de Nazareth
Hortinha e área com muito verde em Jesus de Nazareth

Descemos então, nos encaminhando para o final do tour e nos despedindo das diversas vistas que tivemos de vários pontos do alto do morro.

Uma pequena igreja católica no meio de Jesus de Nazareth, com vista para o Convento da Penha
Uma pequena igreja católica no meio de Jesus de Nazareth, com vista para o Convento da Penha

Fica um pedido: entre em contato com o Fernando e agende com ele a sua visita! E uma sugestão: que tal assistir um pôr-do-sol lá do alto, hein?

Pôr-do-sol visto do alto do bairro Jesus de Nazareth [Fonte: Tour no Morro]
Pôr-do-sol visto do alto do bairro Jesus de Nazareth [Fonte: Tour no Morro]

Mais informações sobre o Tour no Morro

Gostou? Te confesso que fui com baixa expectativa, pois já conhecia diversas vistas de mirantes em Vitória, mas tive uma surpresa: o passeio foi ótimo e as vistas são bem diferentes! Lindas, panorâmicas, dá para tirar belas fotos e guardar ótimas lembranças do visual da cidade.

Quer ir no Tour no Morro, ou quer obter mais informações? Fácil: entre em contato com o Fernando Martins que ele terá grande prazer em te atender. O telefone dele é o (27) 9-9758-5915, e você também pode contactá-lo pela página no Facebook do Tour no Morro.

O tour dura umas 2 h e não tem um horário nem um dia fixo. Ligue para o Fernando e combinem! Nós fomos em uma manhã de sábado, mas também é possível fazer o tour no final do dia, pegando o pôr-do-sol lá do alto. Já pensou? 😀

Para terminar, queremos deixar você tranquilo sobre a segurança do passeio. Fazê-lo com a companhia do Fernando garante um ótimo e seguro entretenimento. No mais, pode ter certeza que você será muito bem vindo em Jesus de Nazareth, com os moradores te recebendo de braços e sorrisos abertos!

Agradecemos os guias Fernando e Marcelo Ribeiro, este do site Guia & Turismo, que nos proporcionaram esse passeio exclusivo para o Destinões e também para a Ghaidy, do site Caminha Gente. Se está em busca de mais turismo para se fazer aqui no Espírito Santo e pelo Brasil, acesse os blogs deles que você estará muito bem servido.

Tour no Morro - sejam bem vindos!
Tour no Morro – sejam bem vindos!

  • Deivson Santana

    Cara, é um dos programas que todo mundo dever fazer. Jesus de Nazareth é muito leglal, e esse projeto do Fernando é esplêndido!

    • Sim! E que venham outros projetos assim nos diversos morros da cidade. Tem muita natureza, mirantes e empreendedorismo para a gente conhecer por aqui.

  • Ghaidy

    Nossa João, ficou irado seu artigo, as fotos e os detalhes na escrita ficou bem esclarecedor…parabéns!..adorei

  • Robson Cantilio

    Ei JOÃO OLAVO, HA BASTANTE TEMPO ACESSO SEU BLOG, MAS AGORA EM FASE FINAL DE ESPECIALIZAÇÃO (TCC) QUASE O DIA TODO EM FRENTE AO COMPUTADOR, SEU BLOG É UMA FONTE DE INSPIRAÇÃO.
    Robson

    • Caramba Robson, que legal saber disso! Tá só planejando o que fazer quando o TCC acabar, ou consegue fazer algum passeio para esvaziar a cabeça?

      • Robson Cantilio

        No momento, apenas planejando.

  • Aricia Monteiro

    Adorei,estou querendo faze ro tour no final desse ano. Você sabe me dizer o valor?

    • Oi Aricia! Ligue para o Fernando ou acesse a página no Facebook do Tour no Morro e veja o valor com ele. O celular dele também tem WhatsApp. Se eu puder ajudar em algo mais, é só perguntar!